O que a frequência de troca da roupa de cama tem a ver com a sua pele?

Tudo! Lençóis e fronhas sujos são o abrigo perfeito para micro-organismos oportunistas que podem desequilibrar o seu microbioma cutâneo e causar acne e infecções. Descubra a hora certa de trocar a roupa de cama.



Já parou pra pensar na população invisível que você leva pra cama toda noite? Pois é, os milhares de micro-organismos que habitam sua pele fazem bom proveito de lençóis e fronhas e vivem muito bem aí, aquecidos pela temperatura do seu corpo. E ainda se alimentam de suor, gordura e de células que se desprendem facilmente com o atrito, durante o sono, e são repletas de queratina – a proteína que compõe grande parte da camada córnea, a camada mais externa da pele.

Com essa vida boa, bactérias e fungos têm as condições ótimas para sua proliferação. A cada noite, a turma aumenta e você começa a perceber que está passando do limite quando aquele cheirinho de roupa limpa vai embora.

Quando trocar tudo

O hábito da troca semanal é o clássico e indicado. Porém, se há excesso de suor, como o que acontece em estações mais quentes, vale diminuir esse tempo para 4 ou 5 dias .

Quem dorme acompanhado também aumenta a população microbiana de maneira mais intensa, o que exige trocas mais frequentes.

E as toalhas?

As de banho, sempre de uso individual, obedecem a regra de troca semanal. Porém, peles muito oleosas, descamativas ou com sudorese intensa também pedem menor prazo de substituição por toalhas limpas.

A pele do rosto, normalmente mais gordurosa que a do corpo, exige atenção redobrada para que não aconteça a contaminação cruzada. E aqui vale uma regra de ouro: ter toalhas menores para secar as mãos e outras apropriadas só para o rosto. Dessa maneira, os micro-organismos existentes nas mãos não passam para o rosto. Sempre lembrando que as mãos são a parte do corpo de maior contato com o mundo externo.

Para saber quando se deve trocar as tolhas de rosto, você deve levar em consideração o tipo e condição de sua pele.

Quem tem pele acneica, mista ou oleosa deve fazer a troca a cada 2 ou 3 dias, dependendo da intensidade de secreção sebácea. Peles normais aguentam 7 dias com as mesmas toalhas, enquanto peles secas, sensíveis e desidratadas precisam de tecidos mais delicados e mudanças a cada 4 a 5 dias. Para as toalhas de mãos, a substituição deve ser diária.

E por que tudo isso?

Lembra da nossa conversa sobre contaminação cruzada? A superfície macia dos tecidos é repleta de áreas propícias para abrigar micro-organismos oportunistas, que gostam de umidade, calor e alimentos como as proteínas da pele. Muitos deles podem causar desequilíbrio no microbioma cutâneo e problemas que vão desde a acne a infecções. A troca frequente de lençóis e toalhas é fundamental para manter sua pele sempre equilibrada, saudável e bonita. Vale a pena!

Agora que você já sabe a importância de manter sua roupa de cama limpa, chegou a hora de descobrir 5 hábitos que devem ser evitados na sua rotina de skin care. Toque para ler a matéria completa!

______________

Vale lembrar que as informações deste texto não representam nenhum tipo de recomendação médica nem substituem a importância de você consultar um dermatologista.

Assine e tenha acesso em primeira mão a conteúdos
sobre o estilo de vida tropical, urbano e contemporâneo.